Livros

Não sei o que vem me acontecendo, mas dois livros impressos que pesquisei, que li, que postei aqui, postei com nome errado, mesmo tendo os mesmos em mãos.
Foram os livros Deixada Para Trás, de Charlie Donlea, e Doce Vingança, de Nora Roberts.
Por alguma razão, talvez de momento, tenha visto e anotei no blog, mas já corrigidos, como Deixada Para Sempre e Doce Veneno, e pesquisando no Skoob para acrescentar, não os encontrei, mas quando fiz a pesquisa pelo autor e autora, aí deu certo.

Meu teclado do notebook em grande parte estragou, e tive que comprar um teclado com entrada USB, pois é, quando copio alguma coisa e vou usar o Shift, tudo o que foi copiado repete sem fim, e não sei como corrigir isso.
A primeira letra maiúscula vem pelo Caps lock, ligo e desligo, e tem sido assim.

Lidos e anotados

Eu só havia lido um livro de Nora Roberts, e de repente comecei a ler muitos e até a fazer listas de possíveis romances da autora para ler mais adiante.

Os livros já lidos:

A Mentira
Uma Sombra do Passado
O Testamento
A Suspeita
O Abrigo
Doce Vingança

E acabei de encomendar hoje os livros Segredos Mortais, de Robert Bryndza, e Promessa Mortal, de Nora Roberts, mas também estou anotando alguns outros livros dela para ficarem marcados nesse post, que são Santuário, Segredos, Pecados Sagrados e Riquezas Ocultas.

E continuo pesquisando.

Lendo Nora Roberts

Venho lendo, ultimamente, Nora Roberts, nesse ano. Começou com Uma Sombra do Passado, lá em abril, e mais recentemente em julho com o livro O Testamento. Agora comecei agosto com o livro A Suspeita, devorado ontem e hoje, assim como com O Testamento, também em dois dias de leitura e o dobro de paginas, e já encomendei ontem O Abrigo. Se Nora Roberts está fazendo que eu retorne com a leitura, ótimo, já o livro A Herdeira, do Daniel Silva, novo, segue de lado, e gostei tanto do primeiro que li, mas li o prefácio, e não consegui ir adiante. Uma hora dessas desencalha, sai dos impedidos. E mesmo que seja um livro de ficção, como eu gosto, tem realidade, e preferia não ter sabido, não que isso conte muito, mas o fato é que não passei dali.