Passando por aqui… lendo!

Troquei os meus escritos aqui no blog por algo mais pessoal, num diário aqui para mim, e quando der vontade de escrever, mas recentemente li dois livros que havia começado no meio do ano e interrompido, Infâncias Roubadas, de Angela Marsons, e A Biblioteca de Paris, de Janet Skeslien Charles.

E de olho em outros mesmo que ainda tenha dois livros ainda inéditos na minha estante, ainda de 2020, vão fazer aniversário agora em dezembro.

Sem vontade, sem leituras

Em 2022 eu li um livro no final de janeiro, O Mistério dos Três Pedaços, de Sophie Hannah, nos dias 27, 28, 29 e 30 e um livro no final de abril, 27, 28 e 29, A Lista de Convidados, de Lucy Foley, e foi só para os primeiros seis meses do ano.
Comecei a Biblioteca de Paris, de Janet Skeslien Charles, e parei na página 122, e Infâncias Roubadas, de Angela Marsons, e parei o livro também, enrola demais, além do fato de eu ter que ler e voltar muitas vezes, coisas que nunca aconteceram comigo neste tipo de leitura.
E me interessei por dois livros, na verdade quatro, mas dois me chamaram muito a atenção, Morte No Internato, de Lucinda Riley, e A Família Perfeita, de Lisa Jewell, mas ficaram nas livrarias, por que o que adianta comprar mais dois se desde muito tempo, acho que uns dois anos, por aí, eu perdi o interesse da leitura? Para mim nada, nem como tentativa.
Em seis meses consegui ler só dois livros, dois!
Foram só dois livros lidos em 180 dias, e me desinteressei por outros dois no mesmo período.
E aumentar a estante apenas por aumentar, comprando livros que nunca serão lidos, não dá, livros que um dia pensei em ler, sim, em algum momento a sinopse me interessou, mas que depois foram parar na estante dos esquecidos, como A Filha Esquecida, de Armando Lucas Correa, e Não Confie Em Ninguém, de Charlie Donlea, adquiridos em dezembro de 2020.
Então comprar um livro para quê?
E atualmente se fosse ler um livro deveria ter no máximo 200, 220 páginas, não mais, e um livro que já começasse sem dar voltas, na história, mas todos saem de 300 para cima e no momento isto não cabe para mim.
E ainda por cima aqui, na livraria física, um livro sai de sessenta reais para cima, e na virtual deixei de comprar, então parei por muitos motivos, mas o principal é que perdi o tesão pela leitura, e não posso forçar uma coisa se este meu momento o meu mar não está para peixe.
Sem vontade, sem leituras!

Novidades

Oi!

Estou afastado há um bom tempo, mas minhas novidades, e nem tanto, é uma bateria acústica da Nagano, sigo com curso, mas por problemas de saúde me afastei um pouco, pretendo retornar em breve.

Comprei um notebook novo, meu primeiro Acer, e instalei uma Alexa aqui em casa, mais como um brinquedo, mas também útil.

Escrever segue me fazendo mal, agora meu problema é baixar a cabeça, não me faz muito bem, e evito digitar muito ou até escrever.

Depois que eu parei o blog aqui na internet, nunca vai ser uma parada definitiva, comecei a escrever um diário aqui em casa, coisas que não dividiria na rede social.

Coisas pessoais ou diárias.

Utilizo muito o celular para navegar, conversar com amigos, gravar áudios, enfim…
Rede social para mim é isso.

Ainda estou no Facebook, nova conta, Twitter, nova conta, Instagram e Pinterest, e muitas outras, mas escrever mesmo, apenas o meu diário.

Nada de pesquisar para postar, é mais blá-blá-blá.

Sempre gostei de ler bastante, mas neste ano li apenas dois livros.
Tentei começar outros, mas acabei fechando.
Sempre voltando para trás e recomeçando a leitura, desconcentrado.

Lia por obrigação, leia-se meta, o que aconteceu a partir de determinado momento quando minhas leituras deixaram de ser por prazer.
Eu cansei, e acho que tão cedo não volto a ler nada.
Prontinho!

Abraços aos amigos que fiz aqui.

A viagem, o curso e o livro

Olá meus amigos, vindo para atualizar o blog depois de um tempo afastado. Em dezembro estive em Florianópolis, fomos de carro, na volta não me senti muito bem, mas nada preocupante, ainda no estado vizinho, mas graças a Deus estou bem, e em casa.
Quanto ao passeio não foi o que eu esperava, muito por não gostar de praia, e Floripa ser cercada delas.
Retornei ao meu curso de bateria, era uma eletrônica, ainda é, mas comprando uma acústica, quero outro tipo de som agora, e por morar em casa, suporta.
Janeiro consegui ler um livro, O Mistério dos Três Pedaços, de Sophie Hannah, (Agatha Christie com Hercule Poirot).
Abraço a vocês!

Os livros lidos neste ano

Este ano li muito pouco, em relação ao anterior, leio cada vez menos, mas em novembro encontrei três boas leituras para aumentar a lista, cito novembro, porque ao contrário dos outros anos, estou escrevendo somente agora, nos anos anteriores começava o post em janeiro, fevereiro ou março, e editava mês a mês.

A minha lista dos livros lidos:


Janeiro

03

Tamanho 42 Não É Gorda
(Meg Cabot)

Impasse
(Sandra Brown)

À Margem do Lago
(Sara Gruen)

Fevereiro

03

A Última Grande Lição
(Mitch Albon)

Despertar de Uma Submissa
(Tati Oliveira)

A Morte da Sra. Westaway
(Ruth Ware)

Março

02

O Retorno
(Nicholas Sparks)

A Suspeita
(Nora Roberts)

Abril

04

Princesa das Cinzas
(Laura Sebastian, Releitura)

Dama da Névoa
(Laura Sebastian)

A Mais Pura Verdade
(Dan Gemeinhart)

Três Coisas Sobre Você
(Julie Buxbaum)

Maio

01

Uma Proposta Irrecusável
(Katie Fforde)

OBSERVAÇÃO: Em cinco meses, treze livros dos quais sete releituras.

Junho

01

Teto Para Dois
(Beth O’leary)

Lidos em um semestre, de janeiro a junho, 14 livros.

Julho

05

A Casa dos Novos Começos
(Lucy Diamond)

O Menino do Bosque
(Harlan Coben)

O Garoto da Casa Ao Lado
(Meg Cabot)

A Garota Que Lê No Metrô
(Christine Féret-Fleury)

Três Semanas Com Meu Irmão
(Nicholas Sparks e Micah Sparks)

Agosto

01

A Irmã Desaparecida
(Lucinda Riley)

Setembro

02

As Musas
(Alex Michaelides)

A Lista de Brett
(Lori Nelson Spielman)

Outubro



Novembro

03

O Canibal de Nine Elms
(Robert Bryndza)

Seis Anos Depois
(Harlan Coben)

A Forma da Noite
(Tess Gerritsen)

Dezembro

Os sete

Eis os livros que eu eu comprei e não abri em momento nenhum, sem vontade nenhuma de ler, satisfazer a curiosidade das compras, quando das leituras das sinopses.

Augusto Cury – O Código da Inteligência

Angela Marsons – Infâncias Roubadas

Robert Bryndza – O Canibal de Nine Elms

Tess Gerritsen – A Forma da Noite

Harlan Coben – Seis Anos Depois

Armando Lucas Correa – A Filha Esquecida

Charlie Donlea – Não Confie Em Ninguém.

Hoje em dia livros não podem ter mais de 250, 280 páginas. Não podem chegar a 300, e com isso já elimino boas leituras, por isso que alguns livros destes sete nem foram abertos.

Uma atualizada

Olá amigos!

Depois de um tempo voltando hoje ao blog para dar uma atualizada.
Eu voltei ao curso de música, mas agora não mais no teclado, apesar que sinto uma vontade de tocá-lo, mas não ligo, voltei tocando bateria e acabei comprando uma eletrônica, uma C. Ibañez.
Estou gostando muito do curso. Em casa não toco como deveria.

Parei de ler, eu li de dezembro de 2015 até setembro de 2021 sem parar, ao menos um livro por mês, mas cansei, os sete livros novos estão na estante e não tenho vontade nenhuma de pegá-los para ler. Pode ser que em um determinado momento volte a ler, mas o fato é que agora não vai ser porque a vontade é zero, nem pretendo voltar a comprar. Foi o que eu fiz, recentemente aceitando a dica de um amigo, e comprei o livro do Augusto Cury, O Código da Inteligência, tentei ler, mas a leitura não evoluiu.

É a crise literária! Eu vinha ano a ano diminuindo a leitura, cansando ou lendo obrigado, por mim, e não por prazer, e resolvi dar um basta. Com vontade e não por metas, sim, do contrário não.

E para concluir, comecei um diário, mas não virtual.

E jogando muito no celular, eu que nunca fui fã de jogos, fosse onde fosse, celular, tablet ou computador, e agora perdendo muito tempo neles, principalmente palavras cruzadas e quebra-cabeças.
Abraços a todos!

Leituras do mês

Li até agora cinco livros nesse mês, que são, A Casa dos Novos Começos, de Lucy Diamond; O Menino do Bosque, de Harlan Coben; O Garoto da Casa Ao Lado, de Meg Cabot – esse há muito tempo estava numa lista de livros que eu queria muito – A Garota Que Lê No Metrô, de Christine Féret-Fleury; e Três Semanas Com Meu Irmão, de Nicholas e Micah Sparks. Tanto ri como me emocionei. A história da vida deles.
Só queria registrar aqui no meu blog já que não venho mais postando nem mesmo usando o computador. Fico mesmo é pelo celular e o que ele oferece, e meus programas favoritos, atualmente são o WhatsApp, Instagram, YouTube e Tik Tok.
Abraços a todos.

Dois programas

Hoje entrei no meu e-mail e havia um da minha operadora dizendo que o meu plano permitia o aplicativo Skeelo para leitura. Baixei o mesmo, me cadastrei e já estou lendo um livro, A Garota Que Lê No Metrô, de Christine Féret-Fleury. Por outro lado, hoje, depois de um bom tempo, saí do Facebook, já não vinha usando como antes, e soube de algo que aconteceu com um amigo, roubo de dados, e juntando as duas coisas resolvi sair, eu excluí a conta definitivamente, mas se retornar em 30 dias recupero a mesma, não sei se as fotos, mas tinha feito uma limpa antes.
Já havia saído há uns meses atrás do Twitter, e dessa forma duas das principais redes sociais não faço mais parte.
Sigo com o Instagram e Whatsapp, e outras.

O livro de maio

Nunca li tão pouco, nos cinco primeiros meses de 2021, li apenas 13 livros, dos quais 7 releituras, aí resolvi olhar no meu computador as listas dos anos anteriores, e olha a estatística anterior e atual.

2016: 20 livros
2017: 24 livros
2018: 29 livros
2019: 17 livros
2020: 19 livros

2021: 13 livros

O meu último livro lido, único em maio, foi o livro Uma Proposta Irrecusável, de Katie Fforde.
Tenho uma lista com alguns livros, nove anotados, mas o que vou comprar desses livros, e ler, são outros quinhentos. Atualmente para mim não basta comprar, porque comprei dois e não consigo lê-los.

Eis a lista que me despertou interesse:

A Casa dos Novos Começos
(Lucy Diamond)
O Enigma do Quarto 622
(Joel Dicker)
O Menino do Bosque
(Harlan Coben)
Infâncias Roubadas
(Angela Marsons)
Sangue Revolto
(Robert Galbraith)
Teto Para Dois
(Beth O’leary)
Uma Espiã No Meu Passado
(Lucinda Riley)
O Garoto da Casa Ao Lado
(Meg Cabot)
Black Hills
(Nora Roberts)

Releituras do mês

Eis os quatro livros que eu reli no mês de abril. Aqui mesmo só para deixar registrado o que li, porque não tenho vontade nenhuma de vir postar, mas entro também para curtir o blog de vocês e quando dá, comentar.
Vendo muitas séries, já quatorze vistas, e destas, três concluídas.


Minhas leituras

Princesa das Cinzas
(Laura Sebastian)

Dama da Névoa
(Laura Sebastian)

A Mais Pura Verdade
(Dan Gemeinhart)

Três Coisas Sobre Você
(Julie Buxbaum)

Minha vida em livros

Visitando o Blog das Tatianices, vi a Tag Minha Vida Em Livros, e resolvi participar, então aqui estão as minhas respostas.

01. Encontre na sua estante um livro com a inicial do seu nome:
Eis alguns livros que comecem com “M” de Mauro, Menina de Vinte (Sophie Kinsella), Marina (Carlos Ruiz Zafón), Minha Vida (Não Tão) Perfeita (Sophie Kinsella), Mentira Perfeita (Carina Rissi), Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre? (Sophie Kinsella), Minha Avó Pede Desculpas (Fredrik Backman). São alguns.

02. Vá contando a sua idade pelos livros da sua estante: qual livro está no número da sua idade?
Tenho um bom número de livros em lugares diferentes, só não tenho a estante, ainda. E aqui comigo, apenas 21 livros, e dois deles ainda não li, um pela quantidade de páginas Não Confie Em Ninguém, Charlie Donlea, o outro pela história, A Filha Esquecida, de Armando Lucas Correa, por ter lido um livro semelhante, dele mesmo.

03. Um livro que seja ambientado na cidade/estado/país onde você mora:
Eu comprei um e-book com 800 páginas sobre minha cidade, Pelotas, e o estado do Rio Grande do Sul.
Praticamente nem comecei.
Li alguma coisa e parei.
***
Não leio biografias, religiosos, técnicos, de poesias, romances, que fale sobre este ou aquele lugar, nem de culinária, mesmo assim tenho alguns e-books com alguns desses temas, só não li. Baixei, comecei e parei. Baixei também sobre teclado, mas se tiver que estudar tem que ser em livro impresso.

04. Um livro que se passe num lugar que você adoraria conhecer:
Não sei.
Não tenho ideia.
Uma pergunta a quem for ler esse post, ao final de suas leituras, passado algum tempo, com o livro na estante, vocês sabem a história sem recorrer a sinopse? Poucos eu fiquei com a história.
Respondo na sexta e última pergunta.

05. Um livro que tenha sua cor favorita na capa:
Muitos livros eu compro pela capa, pelo conjunto de cores, mistura de cores vivas. Minha cor favorita é azul, pelo futebol, o Grêmio, e tenho muitos livros nessa cor, mas prefiro os livros com mistura de cores. Aqui nenhum comigo.

06. De qual livro você tem boas lembranças?

Muitos, mas um em especial, já deixado em post, que meu pai me deu quando estava no segundo ano primário e tem dois livros que já li bastante, um livro que nunca esqueço a história, geralmente passado um tempo esqueço da maioria, o livro é Mais Que Amigos, da Barbara Delinsky, também tem um outro livro que me foi dado por uma pessoa muito querida, Tempo de Recomeçar, de Julianne Maclean.

E você, como seria a sua vida em livros?

Leitura fraca

Cada vez mais tenho menos vontade de abrir um livro, mas fevereiro li, até agora, três livros, um livro que não gostei muito, apesar de ter sublinhado algumas ideias que me chamaram a atenção, A Última Grande Lição de Mitch Albom onde os personagens são reais, o autor do livro e seu professor, e todos que o cercam.
Reli o e-book Despertar de Uma Submissa, de Tatiana Oliveira.
E comecei hoje o livro A Morte da Sra. Westaway de Ruth Ware, mas nestes primeiros quatro capítulos ainda não me empolguei, mas a história parece muito boa, e li há um tempo atrás, A Mulher Na Cabine 10, da mesma autora, e o Jogo da Mentira.
Editando o post.
O livro foi fantástico, aliás como todos os livros dessa autora. Então, até agora, repito o mesmo número de livros lidos em janeiro, três.

Oi

Não entrei 2021 com vontade de postar, nem com ideias, nem querendo pesquisar para procurar alguma coisa para deixar aqui, mas venho escrevendo bastante no meu computador, sendo que de tempos em tempos tenho que parar para que não prejudique os meus ombros, principalmente o direito, venho escutando músicas, principalmente os anos 70, 80 e alguma coisa depois daí, vendo as minhas séries, umas que já terminaram e ficam repetindo, outras novas, filmes, e comecei agora a ler os livros destinados ao ano atual, o primeiro Tamanho 42 Não É Gorda, de Meg Cabot, foi uma releitura, livro que eu li em 2016, já o segundo foi o primeiro inédito, Impasse, de Sandra Brown, foram os dois livros que li até agora, e comecei hoje À Margem do Lago, de Sara Gruen.
Estou levando muito em consideração, atualmente, a quantidade de páginas por ler, quanto menos melhor.
É isso!

Livros de 2020

Em 2019 cheguei a 40 livros lidos e 03 audiolivros. A pergunta que me faço é se conseguirei superar esta marca neste ano, e mais, é importante superar?
O que você acha?
Você conseguiu ler quantos livros no ano passado, e quantos pretende ler em 2020?

Bem, entre livros relidos e novos, cheguei a 45 no ano, um bom número, e começo 2021 com quatro livros por ler, e vocês?
Abraços a todos e um Feliz 2021!

Janeiro

03

O Jogo da Mentira
(Ruth Ware)

O Espião Inglês
(Daniel Silva)

O Sol da Meia Noite
(Jo Nesbo)

Fevereiro

03

A Morte de Um Escritor (Intrigo, Vol.1)
(Hakan Nesser)

Anne de Green Gables
(Lucy Maud Montgomery)

O Jogo do Ripper
(Isabel Allende)

Março

04

Para Sempre Perdida
(Amy Gentry)

Deixada Para Trás
(Charlie Donlea)

A Corrente
(Adrian McKinty)

O Que Escolhemos Esquecer
(Juliana Dantas)

Abril

04

Milagre Na Quinta Avenida
(Sarah Morgan)

Um Mar de Segredos
(Catherine Steadman)

Pistas Submersas
(Maria Adolfsson)

Uma Sombra do Passado
(Nora Roberts)

Maio

05

Não Há Segunda Chance
(Harlan Coben)

O Menino do Vagão
(Pam Jenoff)

Enciclopédia Ilustrada Cães – Grandes E Médios
(Esther J.J. Verhoef-Verhallen)

Na Ilha
(Tracey Garvis Graves – Releitura)

A Fuga
(Barbara Delinsky)

Junho

03

O Último Refúgio
(Barbara Delinsky)

As Gêmeas do Gelo
(S.K. Tremayne)

A História de Nós Dois
(Dani Atkins)

Julho

02

À Sombra de Uma Mentira
(Alex Marwood)

O Testamento
(Nora Roberts)

Agosto

06

A Suspeita
(Nora Roberts)

O Abrigo
(Nora Roberts)

Objetos Cortantes
(Gillian Flynn)

A Herdeira
(Daniel Silva)

A Mulher Enjaulada
(Jussi Adler-Olsen)

Quando O Amor Bater À Sua Porta
(Samantha Holtz)

Setembro

06

Atrás da Máscara
(Perséfone)

A Verdade Oculta
(Juliana Dantas)

Quando À Noite Cai
(Carina Rissi)

O Homem Perfeito
(Lisa Gardner)

No Mundo da Luna
(Carina Rissi)

Deliciosa Lição
(Pri Ferraz)

Outubro

03

Doce Veneno
(Nora Roberts)

A Filha
(Jane Shemilt)

A Filha do Milionário
(Dorothy Eden)

Novembro

03

Segredos Mortais
(Robert Bryndza)

Promessa Mortal
(Nora Roberts)

O Segredo da Livraria de Paris
(Lily Graham)

Dezembro

03

A Garota do Lago
(Charlie Donlea)

Princesa das Cinzas
(Laura Sebastian – Vol.1)

Dama da Névoa
(Laura Sebastian – Vol.2)

Dificuldades

Tentei fazer um post por quatro vezes e somente na quinta e recorrendo ao editor clássico fui conseguir, por mais que eu faça meus posts por blocos, quando muda uma vírgula aparecem todas as dificuldades, agora foi com o post Denial, o anterior.
Ganhei de aniversário um vale livros muito bom, e dele adquiri quatro livros para ler, que são Não Confie Em Ninguém, de Charlie Donlea; À Margem do Lago, de Sara Gruen; A Filha Esquecida, de Armando Lucas Correa; e Impasse, de Sandra Brown, o mais curtinho para ler.
Mudei aqui na praia de internet, da Net/Claro para a Osirnet, e nos dois primeiros dias estava sem conexão, mas agora muito bem conectado, e espero continuar assim.

Fantasia

Nesses últimos dias li dois livros de fantasia, Princesa das Cinzas, Vol.1 e Dama da Névoa, Vol.2., de Laura Sebastian
Tem dias, meses, que sinto muito mais vontade de ler em relação a outros, como nesse começo de mês.
Aqui apenas para deixar um registro do que eu li nesses últimos dias, seis dias e três livros, pudera houvesse outros assim.
Sem muita vontade de escrever, mas de ler sim.
Abraços!

A Garota do Lago

Esse ano li, até hoje, com o livro A Garota do Lago, de Charlie Donlea, quarenta e três livros no ano, superando em leituras o ano passado, quarenta livros, e tenho aqui sobre a cama o volume um do livro Princesa das Cinzas, de Laura Sebastian, que quero começar logo, além do volume dois Dama da Névoa.
O livro A Garota do Lago foi mais uma leitura rápida, pela grossura do livro achava que seria um livro para alguns dias a mais, mas comecei ontem, e sem conseguir largá-lo, de bom, concluí hoje.
Duas histórias num livro só que se fundem ao final da mesma. Pensava em fazer um resumo com minhas palavras, mas certamente ia rolar spoiler, e resolvi ir com o básico, olhar a sinopse na internet e colocar a fonte. Um belo livro para quem ainda não leu, e mais um livro para o post A Garota.

Sinopse:
Summit Lake, uma pequena cidade entre montanhas, é esse tipo de lugar, bucólico e com encantadoras casas dispostas à beira de um longo trecho de água intocada.Duas semanas atrás, a estudante de direito Becca Eckersley foi brutalmente assassinada em uma dessas casas. Filha de um poderoso advogado, Becca estava no auge de sua vida. Atraída instintivamente pela notícia, a repórter Kelsey Castle vai até a cidade para investigar o caso. …E LOGO SE ESTABELECE UMA CONEXÃO ÍNTIMA QUANDO UM VIVO CAMINHA NAS MESMAS PEGADAS DOS MORTOS…E enquanto descobre sobre as amizades de Becca, sua vida amorosa e os segredos que ela guardava, a repórter fica cada vez mais convencida de que a verdade sobre o que aconteceu com Becca pode ser a chave para superar as marcas sombrias de seu próprio passado.

Fonte: Amazon

Leituras rápidas

Li o livro O Segredo da Livraria de Paris, de Lily Graham, 42º livro do ano, e uma linda história que me prendeu do começo ao fim, lido num dia.
Daí que decidi ler livros rápidos, como este, 204 páginas, por isto estou hoje na internet tentando pesquisar livros com poucas páginas para tal, e olhando no Google e Amazon.

Sinopse:

Valerie tinha três anos de idade quando foi levada de Paris para Londres, durante a Segunda Guerra Mundial. Agora, aos vinte anos e sozinha no mundo, ela se candidata, com nome falso, a uma vaga de emprego na livraria do avô, Vincent Dupont. Ele é seu único parente vivo e a única pessoa que sabe o que realmente aconteceu com seus pais biológicos. À medida que passa a conhecer melhor o ranzinza e reservado Dupont, Valerie vai puxando o fio da própria história.

Mas essa história não se completa: qual seria o segredo devastador que Vincent estava disposto a tudo para esconder?

Fonte: Amazon

Dos livros pesquisados até agora estão os seguintes:

Um Jantar Entre Espiões, de Olen Steinhauer; Meninas Selvagens, de Rory Power; O Retorno, de Nicholas Sparks; e A Paciente Silenciosa, de Alex Michaelides.

Oito anos

Quando eu estava no colégio, no segundo ano primário, e tinha oito anos, meu pai me deu um livro, Pato Donald Na Escola, para mim hoje uma linda lembrança, tenho ele até hoje, meio remendado, mas guardo-o com muito carinho.

Não sei se foi o primeiro livro que tenha recebido, provavelmente, já que eu tinha oito anos, nem posso dizer que dali veio minha vontade de ler, com certeza que não, mas é uma lembrança dele que guardo com muito amor, e resolvi postá-lo aqui.

Novos livros

A Livraria Vanguarda acabou de me entregar aqui em casa parte dos livros, de cinco, que encomendei.
Os livros que me foram entregue:

Destes aí apenas o livro dois não fazia parte da relação, mas se vou ter que ler dois livros, então já comprei ambos.
Aguardando o livro Não Confie Em Ninguém, de Charlie Donlea e o livro À Margem do Lago, de Sara Gruen, e lamentavelmente, por enquanto, não consegui o livro O Segredo de Black Hills, de Nora Roberts, esgotado, e estive com ele, em mãos, na mesma livraria, porém noutra cidade, num passeio que fiz domingo, mas não comprei.
E tinha tudo para tal, mas queria conhecer o shopping que estava, e foi-se o livro.

Livros

Não sei o que vem me acontecendo, mas dois livros impressos que pesquisei, que li, que postei aqui, postei com nome errado, mesmo tendo os mesmos em mãos.
Foram os livros Deixada Para Trás, de Charlie Donlea, e Doce Vingança, de Nora Roberts.
Por alguma razão, talvez de momento, tenha visto e anotei no blog, mas já corrigidos, como Deixada Para Sempre e Doce Veneno, e pesquisando no Skoob para acrescentar, não os encontrei, mas quando fiz a pesquisa pelo autor e autora, aí deu certo.

Meu teclado do notebook em grande parte estragou, e tive que comprar um teclado com entrada USB, pois é, quando copio alguma coisa e vou usar o Shift, tudo o que foi copiado repete sem fim, e não sei como corrigir isso.
A primeira letra maiúscula vem pelo Caps lock, ligo e desligo, e tem sido assim.

Primeiro livro de novembro

Li nesse começo de novembro o livro Segredos Mortais, de Robert Bryndza, o sexto que leio do autor, e a cada livro, mais uma história magnífica, esta com final surpreendente.
E também o 40º livro do ano.

Sinopse:
Em uma manhã gelada de inverno, uma mãe encontra o corpo da filha, encharcado de sangue, jogado na calçada. Quem seria capaz de matar alguém na porta de casa? Após seu último caso, a Detetive Erika Foster se sente fragilizada, mas está determinada a liderar essa nova investigação. Ela começa recolhendo relatos de assaltos que ocorreram no mesmo bairro onde a jovem foi morta. Imediatamente, percebe um detalhe assustador que conecta os crimes: todas as vítimas foram atacadas por um criminoso que usava uma máscara de gás. Ao buscar mais vestígios dessa estranha descoberta, o caso se torna ainda mais complicado, pois Erika se depara com uma teia de segredos envolvendo a morte da bela jovem. A detetive começa, então, a juntar as pistas, e também se vê forçada a enfrentar memórias dolorosas de seu próprio passado. Erika precisará investigar a fundo e manter o foco para encontrar o assassino. Mas, dessa vez, um dos seus familiares corre perigo.
Fonte: Amazon

Lidos e anotados

Eu só havia lido um livro de Nora Roberts, e de repente comecei a ler muitos e até a fazer listas de possíveis romances da autora para ler mais adiante.

Os livros já lidos:

A Mentira
Uma Sombra do Passado
O Testamento
A Suspeita
O Abrigo
Doce Vingança

E acabei de encomendar hoje os livros Segredos Mortais, de Robert Bryndza, e Promessa Mortal, de Nora Roberts, mas também estou anotando alguns outros livros dela para ficarem marcados nesse post, que são Santuário, Segredos, Pecados Sagrados e Riquezas Ocultas.

E continuo pesquisando.

Dando um jeito

Ainda ando parado, longe do teclado, salvo, e nem deveria, o do Whatsapp, mas hoje fui ao Shopping Pelotas, depois de muito tempo, para comprar cartuchos para a minha impressora Canon – não encontrei – e acabei comprando um teclado, mouse e um mini hub usb, todos da marca Bright, de todos não gostei do teclado, das teclas do teclado, mas funciona, o mouse parece bom, e o mini hub não experimentei. Comprei-o porque não sabia se as portas USBs estariam funcionando no notebook, e parece que sim, portas que antes não funcionavam com mouses antigos. Nesse período li bastante, seis livros em agosto, outros seis em setembro, mas em outubro, até agora, apenas dois, livros novos e muitas releituras. Eis os livros, apenas para ficarem registrados. Todos os livros de setembro foram releituras.

Agosto: A Suspeita (Nora Roberts), O Abrigo (Nora Roberts), Objetos Cortantes (Gillian Flynn – Relido), A Herdeira (Daniel Silva), A Mulher Enjaulada, (Jussi Adler-Olsen – Relido), Quando O Amor Bater À Sua Porta (Samantha Holtz – Relido).

Setembro: Atrás da Máscara(Perséfone), A Verdade Oculta (Juliana Dantas), Quando À Noite Cai (Carina Rissi), O Homem Perfeito (Lisa Gardner), No Mundo da Luna (Carina Rissi), Deliciosa Lição (Pri Ferraz).

Outubro: Doce Veneno (Nora Roberts) e A Filha (Jane Shemilt – Relido).

Trouxe comigo ainda mais dois livros, releituras, mas ainda não os abri.