TAG: 4 elementos

Estive visitando o blog Meow Books e lá eu vi esta tag, e resolvi participar, olhando, claro, minha estante no Skoob, mas tenho muitos outros livros, então citei dois de cada, só tive dificuldades em Ar apesar de ter colocado três, mas não sei se são de fato.

Participem!
Encontrar um livro com os seguintes elementos na capa:

ÁGUA

Encontrar um livro com elemento água na capa

No Silêncio do Mar (Juliana Dantas)
Após A Tempestade (Karen White)

Encontrar um livro com a cor azul

Uma Sombra do Passado (Nora Roberts)
O Homem de Areia (Lars Kepler)

FOGO

Encontrar um livro com o elemento fogo na capa

Uma Questão de Segundos (Harlan Coben)
O Mistério da Cripta Amaldiçoada (Eduardo Mendoza)
Último Suspiro (Karin Slaughter)

Encontrar um livro com a cor vermelha

Morte Inocente (Mark Sadler)
Os Sete Minutos (Irving Wallace)

TERRA

Encontrar um livro com algo relacionado a terra na capa

Minha Avó Pede Desculpas (Fredrik Backman)

Encontrar um livro com a cor verde

A Lista de Brett (Lori Nelson Spielman)
Destrua-me (Tahereh Mafi)

AR

Encontrar um livro com o elemento ar na capa

A Cabana (William P. Young)
A Toda Prova (Harlan Coben)
Jogos Malignos (Angela Marsons)

Encontrar um livro com a cor branca

O Treinamento (Tara Sue Me)
A Menina Que Roubava Livros (Markus Zusak)

Bônus:

Encontrar um livro com as cores azul, vermelha, verde e branca na capa

Mas Tem Que Ser Mesmo Para Sempre? (Sophie Kinsella)
Ninguém É de Ninguém (Zíbia Gasparetto)
Malas, Memórias e Marshmallows (Fernanda França)

O primeiro digital do ano

Terminei hoje o quarto livro do mês, esse um e-book, o primeiro do ano, O Que Escolhemos Esquecer, de Juliana Dantas, meu sexto que li dela. Uma escritora brasileira de romances, e muito talentosa.

Sinopse:

Ella acorda de um acidente para descobrir que tudo o que se lembra de sua vida ficou em um passado remoto. Nos sete anos que ela esqueceu.
Assim como esqueceu do homem que está ao seu lado, insistindo que é muito mais do que um estranho.
Quem é Luke St. James e por que Ella não se lembra de nada sobre ele, já que em sua mente, ainda tem dezoito anos e é apaixonada por outro homem?

Cl16870 (O Que Escolhemos Esquecer - Juliana Dantas)

Os livros que eu li dela:

A Verdade Oculta

Segredos E Mentiras

Cinzas do Passado

A Outra

No Silêncio do Mar

O Que Escolhemos Esquecer

 

Do Brasil

Dos últimos 120 filmes ou cinco páginas do Filmow, apenas seis filmes nacionais. Muito  pouco!

Ponte Aérea
Os Farofeiros
Os Caras de Pau Em O Misterioso Roubo do Anel
Alguém Como Eu
Fala Sério, Mãe
Meu Passado Me Condena 2

Já os livros lidos nacionais que tenho anotados no site do Skoob estão relacionados abaixo.

No Silêncio do Mar
(Juliana Dantas)

Rita Lee: Uma Autobiografia
(Rita Lee)

Inesperadamente Você
(Deborah Strougo)

Procura-se Um Marido
(Carina Rissi)

A Outra
(Juliana Dantas)

Malas, Memórias e Marshmallows
(Fernanda França)

O Doce Sabor da Vingança
(Paula Toyneti Benalia)

Segredos E Mentiras
(Juliana Dantas)

Azar O Seu
(Carol Sabar)

Quando A Noite Cai
(Carina Rissi)

Mentira Perfeita
(Carina Rissi)

A Verdade Oculta
(Juliana Dantas)

Imã de Traste
(Fê Friederick Jhones)

Isso Só Acontece Comigo
(Dayana Araújo)

Cinzas do Passado

(Juliana Dantas)

O Fotógrafo
(Jéssica Milato)

A Jornalista
(Jéssica Milato)

No Mundo da Luna
(Carina Rissi)

As Listas de Ellen
(Renata Varela)

Quando Vi Você
(Nana Pauvolih)

A Coleira
(Nana Pauvolih)

Deliciosa Lição
(Pri Ferraz)

Sob A Luz Dos Seus Olhos
(Chris Melo)

Mais os livros:

Aborrecente Não: Sou Adolescente
(Vera Lúcia de Carvalho)

Ninguém É De Ninguém
(Zibia Gasparetto)

E deles…

Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei E Chorei
(Paulo Coelho)
O Diário E A Srta, Prym
(Paulo Coelho)
O Alquimista
(Paulo Coelho)
Maktub
(Paulo Coelho)

A Ordem do Dia
(Márcio Souza)

Alice
(Bernardo Kucinsky)

Os escritores e escritoras nacionais foram conferidos no site do Skoob, mas havia um que outro que não consegui saber a nacionalidade, então ficam para um próximo post.
Já tinha feito um post somente de escritoras nacionais, agora, também, com alguns escritores.

 

Os primeiros 15 dias

Nos primeiros quinze dias de fevereiro li os livros A Morte de Um Escritor (Intrigo, Vol.1), de Hakan Nesser, Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, e O Jogo do Ripper, de Isabel Allende, esse no final. Tenho tempo para ler mais um ou dois. Em fevereiro do ano passado li seis livros, sei que os tempos são outros, mas não deixo de ler.

Post que poderá ser editado se eu conseguir ler outros livros.

***

Postando na madrugada porque perdi o sono, e sem conseguir dormir, resolvi pesquisar o que precisava, como a partitura e as cifras da música Fly Me To The Moon, do Frank Sinatra, post anterior, cantada por ele, e fazer esse post.
E ainda sem sono.
E tenho uma manhã cheia de coisas para fazer.

 

Anne de Green Gables

Li o e-book da jovem órfã, tagarela e sonhadora, Anne de Green Gables, maravilhoso. Continuação somente na série do Netflix?

Sinopse:

Quando os irm;ãos Marilla e Matthew Cuthbert, de Green Gables, na Prince Edward Island, no Canadá, decidem adotar um órfão para ajudá-los nos trabalhos da fazenda, não estão preparados para o “erro” que mudará suas vidas: Anne Shirley, uma menina ruiva de 11 anos, acaba sendo enviada, por engano, pelo orfanato.

Apesar do acontecimento inesperado, a natureza expansiva, sempre de bem com a vida, a curiosidade, a imaginação peculiar e a tagarelice da menina conquistam rapidamente os relutantes pais adotivos. O espírito combativo e questionador de Anne logo atrai o interesse das pessoas do lugar – e muitos problemas também.

No entanto, Anne era uma espécie de Pollyanna, e sua capacidade de ver sempre o lado bonito e positivo de tudo, seu amor pela vida, pela natureza, pelos livros conquista a todos, e ela acaba sendo “adotada” também pela comunidade.

Publicada pela primeira vez em 1908, esta história deliciosa, que ilustra valores fundamentais como a ética, a solidariedade, a honestidade e a importância do trabalho e da amizade, teve numerosas edições, já tendo vendido mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo. Foi traduzida para mais de 20 idiomas e adaptada para o teatro e o cinema.
Fonte: Amazon

Cl16804 (Anne de Green Gables)

Em 162 páginas

Lendo O Jogo do Ripper, muito lentamente.
Muitos personagens e a autora descreve muito a respeito de muitos, para mim desnecessariamente.
Lembra o e-book O Assassino das Palavras Cruzadas, de Dante Pereira Nunes, que não completei. Contava demais sobre este e aquele, e a história não andava.
No livro O Jogo do Ripper, fala de muitos personagens principais e outros nem tantos.
Vejo muitas séries, li muitos livros policiais, gosto do tema, e em todos, os policiais comandam as investigações, mas nesse o pai, policial, divide com a filha ou o ex-sogro informações de crimes – nunca vi isto – que joga RPG com amigos da internet, e a história, até agora, está assim, mais ela em evidência que a própria polícia investigando.
Não sei como vai acabar, já li 162 páginas, mas espero uma mudada no ritmo da história, que tem uma sinopse muito interessante, mas até agora, muito chato.
Gosto de histórias que vão direto ao ponto e não que fiquem dando voltas, e não quero engavetá-lo como mais um livro não acabado.
Não sei se deixei escapar algum spoiler, mas é o que percebi desse começo de livro.

O primeiro livro

Meu primeiro livro lido, e-book, de 2020, foi O Jogo da Mentira, de Ruth Ware, também meu segundo livro lido dela, já havia lido A Mulher Na Cabine 10.

Sinopse:

Regra 1:
Conte uma mentira

Regra 2:
Insista na sua história

Regra 3:
Não deixe que descubram

Regra 4:
Nunca mintam umas para as outras

Regra 5:
Saiba quando parar de mentir

Quatro amigas e um jogo perigoso. Talvez uma delas tenha quebrado uma das regras.

Isa Wilde e suas três melhores amigas, Kate, Fatima e Thea, costumavam brincar de o Jogo da Mentira quando eram adolescentes em Salten House, um colégio interno no litoral da Inglaterra. Era um jogo com regras próprias, que girava em torno de inventar histórias perversas sobre professores e outras alunas. Mas a brincadeira teve consequências desastrosas, o período escolar acabou em tragédia e escândalo, e as quatro amigas foram expulsas sob circunstâncias misteriosas envolvendo o desaparecimento do pai de Kate, Ambrose, um excêntrico e querido professor de arte.

Quase duas décadas depois, um osso humano é encontrado no mesmo vilarejo litorâneo onde elas estudaram e no qual Kate ainda mora. Na manhã seguinte, Isa, Fatima e Thea, as três outras mulheres do então inseparável quarteto, recebem de Kate o recado que sempre temeram, dizendo apenas: “Preciso de vocês.”

Reunidas novamente naquele lugar onde viveram momentos inesquecíveis de sua juventude – as escapadas do campus, as belas lições de Ambrose, os encontros furtivos e as tardes passadas nadando no rio Reach –, essas quatro mulheres precisarão lidar com aquela descoberta que pode, literalmente, desenterrar um terrível segredo. Em pouco tempo, torna-se evidente que uma delas quebrou uma regra importante do jogo: Nunca mintam umas para as outras.

Intenso, imprevisível e com doses de suspense na medida certa, Ruth Ware constrói mais uma vez uma narrativa instigante em que histórias de vidas são contadas à medida que mistérios são revelados com uma tensão crescente, que prenderá o leitor da primeira à última página.

Fonte: Amazon

Cl16733 (O Jogo da Mentira - Ruth Ware)

Do começo não gostei muito, passei dias sem ler, como se o livro não começasse, mas também conta-se o meu momento com a leitura, parado, mas de repente não consegui mais largar o livro (e-book), e fui até concluí-lo.
Gostei muito do livro, aliás gosto muito de histórias envolvendo segredos do passado guardados a sete chaves para virem à tona, ou quase, anos depois.

Livros 2019

Esse post que irá ao ar em 30/12 desse ano, vem trazendo todos os livros que li nesse ano, mas não sei bem o porquê, acho que não será nada igual aos anos anteriores, porque cada vez venho lendo menos.

Janeiro

03

Minha Avó Pede Desculpas
(Fredrik Backman)

Volta Para Casa
(Harlan Coben)

A Boa Filha
(Karin Slaughter)

Fevereiro

06

O Homem Perfeito
(Linda Howard)

Inesperadamente Você
(Deborah Strougo)

Amigas Para Sempre
(Kristin Hannah)

M Ou N?
(Agatha Christie)

A Luz Através da Janela
(Lucinda Riley)

Alvos A Abater
(Os Primórdios de Riley Paige, Livro 1)
(Blake Pierce)

Março

01

O Último Suspiro (Boa Filha)
(Karin Slaugther)

Abril

03

E Não Sobrou Nenhum
(Agatha Christie)

Esconda-se
(Lisa Gardner)

O Homem de Giz
(C. J. Tudor)

Maio

04

A Outra
(Juliana Dantas)

A Garota Desaparecida
(Lisa Gardner)

O Homem de Areia
(Lars Kepler)

O Farol E A Libélula
( Jean E. Pendziwol)

Junho

04

A Menina da Neve
(Eowyn Ivey)
(Metade neve, metade humana)

Sangue Frio
(Robert Bryndza)

A Garota Alemã
(Armando Lucas Correa)

Uma Questão de Segundos
(Harlan Coben)

Julho

05

Orgulho E Preconceito
(Jane Austen)

A Toda Prova
(Harlan Coben)

Cobiçadas
(Blake Pierce)

Branco Letal
(Robert Galbraith)

Método Rápido Para Tocar Teclado
(Mário Mascarenhas)

 Agosto

02

Quando Você Voltar
(Kristin Hannah)

Jogos Malignos
(Angela Marsons)

Setembro

03

O Segredo de Emma Corrigan
(Sophie Kinsella)

A Menina da Montanha
(Tara Westover)

Dominada – A Descoberta
(K.L.Christyn)

Outubro

01

Ninguém Pode Saber
(Karin Slaughter)

Novembro

03

No Silêncio do Mar
(Juliana Dantas)

Antologia Poética
(Thiago Perdigão)

Apenas Um Olhar
(Harlan Coben)

Dezembro

08

Flores Em Vida
(Tarcísio C. Moura Moia)

Vulgo Grace
(Margareth Atwood)

Rita Lee: Uma Autobiografia
(Rita Lee)

A Última Mentira Que Contei
(Riley Sager)

Perdida
(Carina Rissi, Audiolivro)

Encontrada
(Carina Rissi, Audiolivro)

No Seu Olhar
(Nicholas Sparks, Audiolivro)

A Devolvida
(Donatella Di Pietrantonio)

Filmow e Skoob

No Filmow cheguei a marca de 2250 filmes, para mim, ainda, poucos, porque tenho certeza que vi muito mais durante a vida, só não lembro, enquanto no Skoob já li 300 livros, com Paginômetro de 90549 e média de páginas de 302.

Meu último filme visto, que não tinha visto ainda, foi O Amor Em Tempos de Guerra, um filme de Joseph Ruben, 2017, com Michiel Huisman, Hera Hilmar, Ben Kingsley, e Joss Hartnett, já o último livro foi Apenas Um Olhar, de Harlan Coben, o último e-book, A Última Mentira Que Contei, de Riley Sager, e o último audiolivro, No Seu Olhar, de Nicholas Sparks.

Cl16778 (Amor Em Tempos de Guerra)

Amor Em Tempos de Guerra

 

Livros, e-books e audiolivros

Minhas leituras de dezembro foram sete, pelo menos até agora, lista abaixo, e eu que pensei que audiolivros me roubariam a concentração, mas que nada, ouvi os dois primeiros livros da Série Perdida, Perdida e Encontrada, de Carina Rissi, com mais de vinte e cinco horas de áudio, e dessa forma, a sexta história dela.

Lista de dezembro

Flores Em Vida
(Tarcísio C. Moura Moia, e-book)

Vulgo Grace
(Margareth Atwood, e-book)

Rita Lee: Uma Autobiografia
(Rita Lee, e-book)

A Última Mentira Que Contei
(Riley Sager, e-book)

Perdida
(Carina Rissi, Audiolivro)

Encontrada
(Carina Rissi, Audiolivro)

No Seu Olhar
(Nicholas Sparks, Audiolivro)

A Devolvida
(Donatella Di Pietrantonio, Livro)

 

Editando esse post cheguei aos quarenta e um livros no ano, livro impresso, da autora Donatella Di Pietrantonio, e surpreendentemente fui mais longe do que eu esperava, justo em dezembro, visto que nos meses anteriores mal tinha forças para abrir nova leitura.

Três romances, três audiolivros no final do ano, sendo o último, de Nicholas Sparks, ouvido num dia só.

Post editado.

A última mentira que contei

Foi o meu quarto livro lido este mês de dezembro e 37° do ano, sinopse abaixo, fonte Amazon.
No começo o livro não começava nunca, mas depois que engrenou não larguei mais a história, e só parei quando cheguei ao final. Imaginava vários finais possíveis, mas me surpreendi com o derradeiro, não que em algum momento não tivesse passado pela minha cabeça.

Duas verdades e uma mentira.
Quem seria capaz de descobrir qual era a mentira? Era essa a brincadeira que as garotas Vivian, Natalie, Allison e Emma faziam em sua minúscula cabana no Acampamento Nightingale. Mas a diversão chegou ao fim quando Emma, ainda meio dormindo, viu as outras saírem da cabana na calada da noite. Essa foi última vez em que ela, ou qualquer outra pessoa, teve notícia das amigas.

Quinze anos depois, Emma é convidada a voltar ao acampamento, que seria reaberto pela primeira vez desde a tragédia. Ela vê nisso uma oportunidade de tentar descobrir o que realmente aconteceu com as três garotas.
Em meio a rostos conhecidos, cabanas inalteradas e o mesmo lago escuro, objeto de tantas histórias e lendas, ela começa a encontrar misteriosas pistas deixadas por Vivian, mensagens sobre as obscuras origens do acampamento e sua possível relação com os desaparecimentos.
Com o passar dos dias, Emma investiga as mentiras do passado e enfrenta ameaças no presente. Quanto mais se aproxima da verdade, mais ela percebe que desvendar esse mistério pode custar sua própria vida.

Cl16730 (A Última Mentira Que Contei - Riley Sager)

Livros

Nesse aniversário dos 60 voltei a ganhar  livros, maioria livros, e nada melhor, não é, do que uma boa história. Dois foram vales presentes e dois livros ganhos, o último dos cinco acabei comprando, sempre aceitando sugestões da funcionária da Livraria Vanguarda que me trazia os livros para  que eu pudesse ler a sinopse e escolher qual o que levaria.
No aniversário recebi de uma prima querida o livro O Jogo do Ripper, de Isabel Allende, conheço de nome, mas confesso que nunca li nada dela. Também recebi de presente o livro Lições do Papa Francisco, do próprio, depois na Vanguarda fui escolher os livros, pelos vales presentes, e vieram dois, Deixada Para Trás, de Charlie Donlea e A Devolvida, de Donatella Di Pietrantonio, e por fim acabei comprando o livro O Espião Inglês, de Daniel Silva. Mas ainda tenho quatro e-books por ler, que são O Que Escolhemos Esquecer, de Juliana Dantas, Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, A Última Mentira Que Contei, de Riley Sager e O Jogo da Mentira, de Ruth Ware.

Cl16773 (Livros Presentes)

Só que nunca canso de ganhar livros.
Queria muito ler Charlie Donlea e Daniel Silva, e vou ter essa oportunidade. Isabel Allende conhecia de nome, mas agora vou ter a chance de ler um livro da autora.
Claro que assim que cheguei na Livraria Vanguarda, de cara, perguntei se tinham livros de Teclado, estou focado, pena que não tinham, mas assim continuarei descobrindo novos autores e leituras.
Com esses nove livros entre impressos e digitais, e pode aumentar ainda, tenho leitura por uns bons meses, e não me importo. Adoro ler!
Posso estar em baixa no momento, mas com certeza lerei todos.
E estive nas mãos com o livro O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë, mas não trouxe. Não tenho certeza se é um livro que eu gostarei de ler, e por isso não arrisquei.

 

Livros, 60 e conexão

Durante essa semana li dois livros, Vulgo Grace, de Margareth Atwood e Rita Lee: Uma Autobiografia, de Rita Lee, finalmente concluí o livro dela, porque levei um bom tempo em leitura.
E dessa forma cheguei aos três e-books lidos em dezembro e meu 36º livro do ano, muito longe do que li em anos anteriores.

Amanhã, 16/12, comemoro os meus sessenta anos de vida, com a graça de Deus, e quero deixar registrado em meu blog. Abraços a todos!

A conexão aqui na praia, e de uma hora para outra, anda muito ruim, custa a carregar, e tem momentos que sou obrigado a reiniciar o computador.

 

e-Books e aprendizado

Lendo Vulgo Grace, de Margareth Atwood, e descobri que não é bem o tipo de leitura que aprecio, mas seguindo em frente.
E quanto ao livro da Rita Lee, e-book, segue parado, quase no final, mas não me atraiu tanto quanto no começo. Gostaria de concluí-lo ainda nesse ano. Não deixar pontas soltas na leitura.

Nesse final de semana aprendi a tocar, no teclado, o tema de Missão Impossível, ainda estudando a partitura, para ver se toco toda a música.
Em casa o meu estudo e treinamento não tem sido o mesmo, estou mais lento, não tenho a mesma vontade de quando estou na escola O Batuta.
De junho em diante, já toco algumas músicas, melodias, mas as dificuldades estão por conta da mão esquerda quando tenho que usar os acordes, apesar de saber quais são eles.
Mas para o que me propus, ou pensei, no começo, está satisfatório.
Sigo com as aulas solos, já as teóricas voltam mais adiante.

Flores em vida

Meu 34° livro do ano, e meu primeiro de dezembro, foi Flores Em Vida, de Tarcísio C. Moura Moia. Livro gostoso de ler, história bonita, e de rápida leitura, daquelas que só se larga quando acaba, e foi o que eu fiz.

Sinopse:

Cole é um garoto de Atlanta que acaba de terminar o ensino médio e está prestes a ingressar na faculdade de medicina pela bolsa de estudos que conquistou. Órfão de pai – que morrera devido a uma doença cardíaca hereditária – ele fora criado somente pela mãe. Sua vida não foi fácil, era de uma família de classe média, mas sempre teve Adam, seu melhor amigo, ao seu lado e esta é a primeira vez que os dois amigos vão se separar.
Quando eles resolvem se despedir das férias de verão em um parque num bairro rico, Cole admira uma garota que está na janela de uma casa. Não parou de pensar nela até que descobrir que seria sua colega de sala na faculdade. Muito pior que isso, Emma era arrogante, egocêntrica e egoísta. Junto com seu namorado, Henry, ela faz de tudo para humilhar as pessoas que considera “abaixo do seu nível”.
Um acidente inesperado acontece enquanto Henry dirigia embriagado, deixando Emma paralítica e estéril. Ao saber disso, o namorado é o primeiro a abandoná-la e o pai faz o mesmo por achar a filha um “fardo”. Depressiva e sem esperança de vida, a garota tenta suicídio na piscina da própria casa e acaba ficando em coma no hospital onde Cole começa a atuar como voluntário.
Ao reconhecer Emma, ele passa a trazer flores para ela e assim faz até que ela desperta. Mais do que entregar flores em vida, Cole ensinará à garota como a vida é especial em simples momentos em que só um coração bondoso pode proporcionar.
Juntos, eles descobrem que o amor não seleciona, ele apenas acontece e quando é real nenhum obstáculo pode impedi-lo de seguir em frente.

Fonte: Amazon

Cl16751 (Flores Em Vida)

Dois meses

Há dois meses que eu não comprava livro na Amazon, houve problemas, e parei qualquer tipo de compra, tentaram comprar como se fosse eu, mas a compra não foi feita, acho que já escrevi sobre isso, mas uma vez resolvido tudo, comprei agora à noite três e-books que eu pretendia comprar na Feira do Livro e devido ao preço, a falta de um e a dúvida de outro, não os comprei, mas agora adquiri os seguintes livros, O Jogo da Mentira, de Ruth Ware, A Última Mentira Que Contei, de Riley Sager e Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery.

Agora com o e-book Vulgo Grace, de Margaret Atwood, aberto. Vou ler? Espero!
Espero sim que a vontade de ler volte, mas contente, também, por ter lido bons livros no ano em questão, até agora 34.

Tag Unread Books

Visitando o blog da minha amiga Gio, o Atraídos Pela Leitura, vi essa TAG, A TAg Unread Books, e resolvi postar também.

1 – Quantos livros não lidos você possui?

Bem, eu possuo oito livros que não completei.

2 – Quantos livros já lidos você possui?

Pelo Skoob, possuo exatos 290 livros lidos.

3 – Você compra mais livros do que lê?

Já tive essa fase de comprar mais, mas em livros digitais, já os físicos compro apenas o que escolho para ler, e mesmo que demore um pouco, acabo lendo. O demorar um pouco se deve pelo momento, por eu não estar com aquele vontade toda de ler.

4 – Você pretende banir as suas compras de livros?

Jamais, eu adoro ler, sejam os físicos ou digitais.

5 – Por que você acha que não lê os livros não lidos da sua estante?

Por o livro não ter casado com o meu estilo de leitura após eu começar a mesma.

Meus livros lidos aqui.

Ausência

Olá amigos e amigas, estive afastado por todo esse tempo em virtude do meu notebook ter estragado, e foi recém hoje para o conserto, porém estou podendo postar aqui porque fui visitar um amigo, e ele, por não estar usando o dele, acabou me emprestando, e com isso estou fazendo essa postagem.
E durante esse tempo não entrei no WordPress, nem em blog nenhum, apenas o Instagram, e vez que outra no Facebook, mas, para mim, a internet não é a mesma coisa com um smartphone.
Voltei a ler, não muito, mas setembro foram três livros, a releitura de O Segredo de Emma Corrigan, de Sophie Kinsella, e dois e-books que adquiri no mês passado, A Menina da Montanha, de Tara Westover, e Dominada – A Descoberta, de K.L. Christyn.
Nesse recesso de internet, vi muitas séries.

E sigo com o teclado.

Leituras do mês

Começo o mês com todo o gás em termos de leitura, ou foi assim nesse mês, para em seguida começar a travar, dar para trás, olhar o livro como compromisso e não prazer, e vai ficando difícil até pegar o leitor digital e abrir, concluir a leitura, mas para adquirir um novo título, não, já abrir e ler, aí sim. Em agosto, livros lidos e certos foram dois, que são Quando Você Voltar, de Kristin Hannah, e Jogos Malignos, de Angela Marsons, e parei, pelo menos até agora, nos 18% do e-book Rita Lee: Uma Autobiografia, de Rita Lee. Vou ter que nas horas de folga ler tudo que dá para concluir o bom livro da Rita Lee, pelo menos até onde li, gostei, o motivo da parada está no começo das linhas deste post. Vontade zero de ler.

Sinopses

Quando Você Voltar, Kristin Hannah

Como tantos casais, Michael e Jolene não resistiram às pressões do dia a dia e agora estão vendo seu relacionamento de doze anos desmoronar. Alheio à vida familiar, Michael está sempre mergulhado no trabalho, não dá atenção às duas filhas e não faz a mínima questão de apoiar a carreira militar da esposa.

Então Jolene é convocada para a guerra. Ela sabe que tem um dever a cumprir e, mesmo angustiada por se afastar de casa, deixa para o marido a missão de cuidar das meninas e segue para o Iraque.

Essa experiência mudará para sempre a vida de toda a família, de uma forma que ninguém poderia prever.

No front, Jolene depara com a dura realidade e precisa, mais do que nunca, recorrer à sua força e inteligência para se tornar uma heroína em meio ao caos. Em suas mensagens para casa, ela retrata um mundo cor-de-rosa, minimizando os horrores que vivencia com o objetivo de proteger todos do sofrimento.

Mas toda guerra tem um preço, e ela acaba se vendo protagonista de uma tragédia. Agora Michael precisa encarar seus medos mais profundos e travar uma batalha em nome da família.

Fonte: Amazon

Jogos Malignos, Angela Marsons

Quando o corpo de um estuprador é encontrado mutilado em uma cena de esfaqueamento brutal, a Detetive Kim Stone e sua equipe são chamadas para encontrar uma solução rápida para o caso. Porém, à medida que novos eventos perturbadores vêm à luz, logo fica claro que há alguém ainda mais sinistro por trás do que parecia ser apenas um crime de vingança.
Com a investigação ganhando força e tentando expor os segredos de uma doentia rede de pedofilia, Kim encontra-se na mira de um sociopata cruel, que parece conhecer suas fraquezas.
Mas cada movimento da Detetive Stone pode ser fatal, e quando o número de vítimas começar a aumentar, Kim terá que cavar mais fundo do que nunca para deter o assassino. Desta vez, ela terá que lutar pela própria vida.

Cl16676 (Jogos Malignos)Amazon

 

 

Vulgo Grace

Estava lendo o blog da Gio, o Atraídos Pela Leitura, e me interessei em um livro, que ela viu como série, o Vulgo Grace, mas que vou deixar anotado aqui no meu post como um livro futuro para compra.

Vulgo Grace

Sinopse:

A história tem início quando a protagonista já está presa. James McDermott, também condenado pelas mortes, há muito fora enforcado. Grace mora no presídio, mas devido ao bom comportamento, trabalha durante o dia na casa do governador da penitenciária em uma Toronto do século XIX com costumes bastante tradicionais. Grace costura e ajuda em alguns serviços mais leves.

Apesar de iletrada, os relatos que Grace faz, de próprio punho, em diários e cartas, e seu bom comportamento em todas as instituições por onde passou, impressionaram clérigos, médicos e políticos da época. Vários trabalharam incansavelmente a favor da jovem, elaborando petições para sua libertação, procurando opinião clínica para dar suporte ao seu caso.

Em seu esforço para descobrir a verdade, o Dr. Simon Jordan, um jovem médico estudioso de doenças mentais, faz visitas constantes à jovem prisioneira e, em um misto de simpatia e incredulidade, utiliza as ferramentas então rudimentares da psicologia para chegar cada vez mais perto do que realmente ocorreu.

Teria sido ela ludibriada por James McDermott, humilhada demais por Nancy Montgomery, acometida de um acesso de raiva ou o mundo simplesmente estaria sendo injusto ao condená-la à prisão perpétua? Respostas que a autora sabe guardar muito bem até o fim do livro.

Fonte: Amazon

 

Os livros de julho

Meus livros lidos do mês de julho são, Orgulho E Preconceito, de Jane Austen, na verdade terminei no dia que começou o mês, depois li A Toda Prova, de Harlan Coben, Cobiçadas, de Blake Pierce, Branco Letal, de Robert Galbraith, esperava muito por esse livro, queria que pudesse ter sido impresso, mas tanto em minha cidade quanto na internet estão fora da realidade, e por último li Método Rápido Para Tocar Teclado, de Mário Mascarenhas.
Ainda comprei, mas não li, nesse mês os livros Exercícios Para Piano e Teclados, de Vilson Rodrigues Alves, impresso, o e-book Aprenda a Cifrar Qualquer Música: Compreenda os fundamentos básicos da harmonização, de Alex Baroni, o e-book Jogos Malignos, de Angela Marsons, Entenda a Escrita Musical, de Joao Batista Lima, impresso, o e-book Rita Lee: uma autobiografia, de Rita Lee, pena ter sido livro digital, já que outras obras prefiro impressas, mas comprei assim mesmo, e o livro impresso O Pianista Virtuoso, de Henry Lemoine.
Então entre impressos e digitais, estes foram os livros comprados, lidos e por ler em julho, e daí para frente, mas em 2019.
E chega de comprar.

 

Tag Releitura

Olhando o blog Rabiscando, descobri a Tag Releitura.
Então resolvi participar, e venho sempre, quando o assunto são os livros, com o mesmo, mas ele me marcou bastante, positivamente, e repito de uma para outra tag.

Eis as perguntas:

Um livro que você releu mais de uma vez
Mais Que Amigos (Barbara Delinsky, cinco vezes, impresso)

Mais Que Amigos (Barbara Delinsky)

Um livro que você relê sempre que pode
O livro acima.

Um livro que você só leu uma vez, mas gostaria de reler
Um Amor Submisso (Sophie Morgan)
E-book, tentei reler, mas não releio e-book.

Um livro que você não relê para preservar a lembrança que tem
Se o livro for bom, trouxer boas lembranças, com certeza lerei outra vez.

Um livro que você gostou quando leu, mas acha que não gostaria se relesse
Pela segunda pergunta, não lembro.

Um livro que você não gostou quando leu, mas gostaria de reler para ver se mudaria a impressão
Não gostei de muitos, e não gostaria de tentar ler de novo.

Um livro que você mudou de opinião quando releu

Um livro que você não quer reler nunca
Orgulho e Preconceito (Jane Austen)
Eu não gostei do livro.

 

Julho em andamento

Esse começo de julho foi um mês de muita leitura, terminei um livro que estava encalhado há mais de dois anos, e li três livros em onze dias, agora já abri um outro pra ler, mas como acabei Branco Letal, de Robert Galbraith, ontem, vou tentar dar uma pausa por mais alguns dias, se conseguir, para começar Quando Você Voltar, de Kristin Hannah, e assim sendo, vou ter que passar a procurar novos e-books para comprar ou reler antigos, até porque nunca reli um, compro, leio, e pronto, nunca mais passo os olhos, para isso tem o Kindle Unlimited, mas gosto de ter o e-book, então enquanto não me decidir, fica como está.

Preciso ler mais sobre teclado, treinar mais nele, estudar mais, e o que não quero, mas leio muito na internet, é que tenho que decorar. Para que não é? Decorar é algo que não me agrada. Foi-se o tempo que muito decorei, agora quero aprender, associar de outra forma que não decorando, senão vai ficar difícil, os anos passaram, então… hoje à tarde passei um tempo estudando.

Estudar!
Estudar!
Estudar!

Porque é para teclado!

Esperando pelo livro físico Exercícios Para Piano e Teclados, de Vilson Rodrigues Alves, e só lamento a falta de livros impressos para Teclado, mas aceito sugestões.
Comprei alguns e-books sobre o tema, mas para aprender nada como um livro impresso.

 

Um final de semana de leituras

Dediquei-me a esses dias de afastamento do blog, e com o frio daqui, aos livros, no caso, e-books, inicialmente Cobiçadas, da série Um Mistério de Riley Paige, o livro 7, de Blake Pierce, e ao final desse, e um dia após o término, ao começo do livro/e-book que estou lendo, Branco Letal, de Robert Galbraith. Com fome de leitura!
Esse ano meus livros, em sua maioria, foram investigativos.

Cl16641 (Cobiçadas - Blake Pierce)

Cl16642 (Branco Letal - Robert Galbraith)

***

Hoje, finalmente, chegou o meu colchão com densidade 33, D33.
Vinha dormindo mal há muito tempo, muitas dores nas costas, e a partir de hoje, mesmo que estranhe um pouco, pela dureza, sinto que vou melhorar, porque em outras épocas já passei pelo mesmo e obtive melhoras. Vamos torcer!