O livro de maio

Nunca li tão pouco, nos cinco primeiros meses de 2021, li apenas 13 livros, dos quais 7 releituras, aí resolvi olhar no meu computador as listas dos anos anteriores, e olha a estatística anterior e atual.

2016: 20 livros
2017: 24 livros
2018: 29 livros
2019: 17 livros
2020: 19 livros

2021: 13 livros

O meu último livro lido, único em maio, foi o livro Uma Proposta Irrecusável, de Katie Fforde.
Tenho uma lista com alguns livros, nove anotados, mas o que vou comprar desses livros, e ler, são outros quinhentos. Atualmente para mim não basta comprar, porque comprei dois e não consigo lê-los.

Eis a lista que me despertou interesse:

A Casa dos Novos Começos
(Lucy Diamond)
O Enigma do Quarto 622
(Joel Dicker)
O Menino do Bosque
(Harlan Coben)
Infâncias Roubadas
(Angela Marsons)
Sangue Revolto
(Robert Galbraith)
Teto Para Dois
(Beth O’leary)
Uma Espiã No Meu Passado
(Lucinda Riley)
O Garoto da Casa Ao Lado
(Meg Cabot)
Black Hills
(Nora Roberts)