Lendo bastante

Li mais um livro, uma releitura de 2016, A Mulher Enjaulada, de Jussi Adler-Olsen, meu quinto livro do mês.
Gostei muito dessa história, mas deixando um spoiler, sofri por ela.
Recebi uma mensagem via Whatsapp para sermos grato pela vida que temos, a casa que moramos, as amizades que fazemos, etc e tal, pois a personagem do livro, em dado momento, achando que ia morrer, nas mesmas condições qualquer um pensaria igual, ela começou a recordar o que teve, lembrar, como era o sol, as chuvas de verão, as histórias infantis, e por aí.
Sinopse:
No auge da carreira política, a bela e reservada Merete Lynggaard desaparece. As investigações que se seguem não rendem muitas informações à polícia, levando ao arquivamento do caso. Passados alguns anos, o detetive Carl Mørck, responsável pelo recém-criado Departamento Q — uma seção para casos importantes não solucionados — é encarregado de descobrir o que, afinal, aconteceu a ela. Então, com seu assistente, Assad, ele inicia uma busca pelos rastros desse mistério e, para isso, Carl precisa vasculhar o passado de Merete, guardado a sete chaves, para descobrir a verdade.
Fonte: Amazon

6 comentários sobre “Lendo bastante

  1. Releituras são sempre interessantes, uma vez que nos faz ter uma visão diferente sobra a obra relida. Normalmente eu levo uns dois ou três anos para reler algo. Desta forma, dá tempo de esquecer a história e ter a sensação de estar lendo algo novo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s