O seu patrimônio é o meu ganha pão

Hoje o meu irmão pediu uma carona para mim, e íamos conversando para o centro, e no meio da conversa, e nem sei porque, me veio uma lembrança à cabeça, há alguns anos atrás eu fui a uma missa com a minha mãe, fomos muitas, claro, mas essa foi específica, e pedi ao guardador de carros, um senhor, que cuidasse bem do meu carro, e ele me respondeu, “o seu patrimônio é o meu ganha pão“. Nunca eu esqueci, nem ela.

Nos afazeres da manha, meu irmão saía do médico, eu fui com ele, e tão logo ele desceu os degraus ele olhou para uma senhora que vinha chegando, e perguntou, a senhora não é a professora Neiva? Ela respondeu que sim, e olhando para o meu irmão, perguntou, tu é o Alvaro, não é?
Há quarenta e nove anos que meu irmão foi aluno dela. O tempo passa para todos, claro, mas o encontro dos dois foi lindo, e o abraço mais ainda. Que deixo registrado em meu blog.
Após fui apresentado para ela.

Meu curso de Teclado, primeiro módulo, vem chegando ao seu final, sábado e segunda confraternizações. Agora meu retorno, para o segundo módulo, está marcado para janeiro. Isso que é brabo, em pleno verão, mas nada que não dê para conversar, ajustar os horários. E vou tentar!