De novo

Não gosto de escrever sobre acidentes, mas os discursos quando eles acontecem são sempre os mesmos, e depois, mas a ação, não. Se perdem com o tempo. Tam 3054, Boate Kiss, Mariana, talvez outros, e agora, Brumadinho.
Quantos outros acidentes serão necessários para mudar o discurso e melhorar a ação, fiscalizar de fato, não deixar cair no esquecimento, ou escutar outros que não deixem o fato ser esquecido.
Quantos?
Eu espero que mudem, que criem leis, que fiscalizem de fato, e sempre, que protejam a vida humana, e que novas tragédias como essas não voltem a acontecer.

Um comentário sobre “De novo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s