Li nesses dias o livro O Último Papa, de Luís Miguel Rocha, mais um livro português, uma conspiração ou fato? O livro gira em torno da morte do Papa João Paulo I, uma mistura de ficção, sempre vou por aí, com realidade. Será?

Veja resenha nesse site.

Gostei do livro e vai ter continuação com o livro Bala Santa.

Sinopse:

1978

29 de Setembro de 1978. O mundo desperta sobressaltado com a notícia repentina da morte do papa João Paulo I, eleito sumo pontífice apenas 33 dias antes. A explicação oficial do Vaticano não deixa dúvida quanto à causa mortis: um enfarto fulminante decorrente do precário estado de saúde do papa.

2006.

A jornalista Sarah Monteiro volta de férias a Londres. Ao chegar em casa,encontra estranhos documentos à sua espera: uma lista em que figuram vários nomes e uma mensagem cifrada.

A partir desse momento, sua vida passa a correr riscos iminentes, e ela se vê imersa em uma trama em que estão envolvidos membros sem escrúpulos de Igreja, políticos corruptos e mercenários dispostos a vender sua alma a quem pagar mais.

Para muitos, é chegado o momento da verdade: o que realmente aconteceu durante os breves dias de pontificado de João Paulo I? Que planos foram contrariados de maneira tão abrupta naquela noite fatídica em que ele recebeu a lista secreta de nomes? E, em suma, a quem poderia interessar a morte do pontífice?

***

Anúncios