Uma historinha

No passado eu e meu irmão comprávamos a mesma roupa com diferença de números, eu não gostava nem um pouco, e um dia, no Rio de Janeiro, quando fomos a passeio, numa das viagens ao Rio, ele me levou até uma loja para mostrar um tênis, Topper, que ele queria comprar, show de bola, era lindo demais aquele tênis, então nos separamos no passeio, voltei ao apartamento e primeiro que ele a loja, e em nossa disputa pessoal de quem compra o que e quando, acabei comprando o tênis, e só tinha aquele modelo, mas ele acabou comprando outro, bonito também, e no final, se não foi o desejado, também não saiu atrás. Recorri a essa historinha porque foi parte do meu comentário ao post da Julia Rolim.
Então Julia, está aí a história toda. Por isso do “kkkkk” no meu comentário. Ele me sacaneou, eu o sacaneei, mas somos grandes amigos, e naquela época também.
Um beijão!

Vida dupla

Acabei de ler o livro Vida Dupla, de S.J. Watson, e deduzo o perigo que é a internet, todos sabemos que ela é perigosa, que dados não devem ser divididos, que não deve-se expor a família, fotos, onde vai se estar no dia a dia, etc. Às vezes a rede social por sentir que o perfil está incompleto fica pedindo os dados, às vezes sentimos a necessidade de falar um pouco de nós, mas o quanto é perigoso isso tudo, e o quanto uma vida pode ser destruída por escolher a opção errada.
Voltando ao livro, ao final, não gostei.
Quanto a mim não posso nem enxergar a tela direito, pois foram dois dias de leitura, hoje à tarde inteira, mas conforme me aproximava do final, sentia a necessidade de fazer um post.
Não é uma resenha, porque não as faço, mas uma opinião, a minha, e foi vendo os perigos que a personagem principal enfrentou que me veio o post, mas não preciso ler um livro para saber deles, não é? Os perigos estão por toda a parte, inclusive pela internet.

Cl15215 (Vida Dupla, S.J.Watson)