Bem, acabei a minha leitura, acabei o livro Lugares Escuros, finalmente, mas por ter um certo mistério, foi no final que eu mais encarei, fui até descobrir o assassino, mas alguma coisa no final do livro eu fiquei sem entender.

Na quinta-feira, 08/04, estive no shopping, fui buscar o livro que havia encomendado, A Lista, de Cecilia Ahern, gostei muito da sinopse, e como nunca, numa livraria, compro um livro só, acabei trazendo outros dois, e como A Lista, trouxe também O Segredo do Meu Marido, ambos os livros havia pesquisado na internet em busca de novos livros para ler, de Liane Moriarty, e junto deles acabei gostando da capa e da sinopse, e trouxe A Mais Pura Verdade, de Dan Gemeinhart. Esse negócio de capa bonita funciona, ainda mais quando casa bem com a sinopse. Foi assim com A Lista de Brett e agora com A Mais Pura Verdade.

Então estou querendo começar a ler logo, mas por ter terminado ontem (domingo), dando um tempo na leitura.

Como fiquei sem internet no fim de semana, tive que recorrer inicialmente ao smartphone, mas eu não me dou em internet móvel, mesmo assim fiz o post anterior com ele, e agora fazendo o post atual aqui no computador, mas usando o bloco de notas do Windows para escrevê-lo.

E uma notícia que li no Olhar Digital e não concordo, é esta: “Vivo diz que quem usa Youtube e Netflix terá que pagar mais pela internet.” Procurem na internet a notícia. Vai ter o dia que vai ser só cobranças e a internet vai sumir, se não fizerem nada, se ficarmos assistindo de braços cruzados, sentados.
Saudades daqueles anos que eu comecei na internet, 1999, tudo era muito melhor.

Bem, é isto!

Anúncios