Tão logo terminei A Lista de Brett, comecei o livro Tudo O Que Ela Sempre Quis, de Barbara Freethy, concluído hoje, mais uma vez dois dias de leitura, como sempre. Desta feita foi um romance investigativo, alguns jovens amigos que não se viam há tempos e que se unem em razão de um lançamento de um livro, este livro expõe a todos eles por algo que aconteceu no passado, mas principalmente uma das mulheres, e entre um romance e outro, levam a investigação para a frente. Não deixei de ler enquanto não chegasse ao final, e quando achava que o criminoso era um, passava a ser outro, dicas são dadas, e é o tipo de livro que eu gosto, além de certo suspense em saber como termina, a história é muito boa inclusive nos detalhes, pelo menos pra mim foi.

Indico o livro para quem gosta deste tipo de leitura.

Anúncios